quinta-feira, 25 de junho de 2009


Bom dia moças...finalmente consegui aparecer, até meu sobrinho está espantado com meu sumiço,rsrsrs
Mas vou explicar, tenho uma tia solteira com 91 anos que tem Alzheimer, e ela mora com minha outra tia e minhas primas, e eu precisei ir dar uma força para elas, minha tia quebrou a perna, precisou por pino, fiquei no hospital, revesei com minha prima, foi rápido, entrou quinta saiu sábado, mas o problema é que ela queria sair da cama de todo jeito, então tínhamos que revezar, além de cuidar para não cair da cama, tinha o banho, a comida, enfim tudo para ser feito por ela...
Esta doença é triste, pois na maior parte do tempo, ela fala do que aconteceu a anos atrás, pois ela sabe quem é, pergunta dos pais, enfim, ela está na realidade dela, e como a gente explica algo para uma pessoa que nem imagina que tem problema?
E quando vinha para São Paulo, era para cuidar dos meninos, deixar tudo ajeitado para logo voltar para lá, dei uma espiada apenas no blog e até ví alguns, mas sem chance de postar alguma coisa por enquanto...
Obrigada Heloisa, estou voltando em breve, estou na correria por aqui, mas logo tudo deve se ajeitar...por enquanto beijos a todas que me visitaram...
Beth

8 comentários:

Ana Cristina Bachiega de Castro disse...

Parabéns por estar contribuindo no cuidado dela. São poucas as pessoas que fazem isso!
Afinal todos ficaremos idosos, se não formos embora antes, e pode ser que também precisemos de cuidados...
Abraço,
Ana.

Cristal disse...

OI AMIGA! VIM FAZER UMA VISITA VER AS NOVIDADES E TE DESEJAR UMA ABENÇOADA SEXTA-FEIRA, BJOS...

Elisete disse...

Oi Beth, eu sei como é isso.
Já passei por essa situação com a minha mãe também, é muito triste.
Espero que ela melhore logo.
Beijos e tenha bons dias pela frente.

maisqdmais disse...

Você com certeza será muito abençoada, pois não são todos que ajudariam nestas condições. Abraços. fffc

Marcia Soares disse...

Beth !

Espero que tudo se resolva da melhor maneira possível, cuidei do meu avô querido por três anos e juro que não me arrependo. Hoje ele não está mais comigo fisicamente, mas naquele período ficamos muito próximo. Penso que fazemos o que tem que ser feito.
Mas tente voltar logo para o nosso convíveo, vc faz muita falta.

Fiquem com Deus.
Abraço
Marcia

Xana disse...

Muita força e perseverança.
Xana

Denise disse...

Oi, Beth!
Primeiro quero te parabenizar pelo príncipe da beleza que é teu sobrinho, mesmo espantado com vc...hahahaha. Segundo meu amor qdo se faz algo de coração por alguém o maior ajudado somos nós grandes devedores deste orbe terrestre; vc pode se encontrar cansada materialmente falando, mas, o espírito está leve, livre e solto.Muita saúde, paz e luz sempre!Estamos te aguardando com carinho para nos deleitarmos com tuas maravilhosas descobertas.
Bjs de luz em teu coração!

pandorinha disse...

Minha sogra tbm em Alzheimer, realmente é uma benção que muitas pessoas portadoras da doença tenham alguem que as compreendam, cuidem e amem elas...não é fácil ver alguem perdendo suas lembranças, mergulhando em um mundo vazio...Só o amor e solidariedade consegue aliviar a solidão que essas pessoas sentem. Deus ilumine teus caminhos por esse gesto tão lindo e humano demais. Bjos amiga.